Jodhpur

Índia

Fevereiro/2019

Se Jaisalmer é a Cidade Dourada, Jodhpur é a Cidade Azul :) Também tem Jaipur, a “Cidade Rosa” e Udaipur, a “Cidade Branca”. Mas voltando a Jodhpur, a explicação é óbvia: as casas são pintadas de azul. Por quê? Há quem diga que a cor ajuda a refrescar o ambiente, e há quem diga que espanta mosquitos (?). E assim como Jaisalmer, Jodhpur também possui seu forte. A diferença é que em Jodhpur, não é possível se hospedar lá dentro, somente visitar (inclusive é o ponto turístico mais visitado). Jodhpur não é tão calma como Jaisalmer, mas também não chega nem perto da caótica Délhi. Inclusive, possui uma pequena área gostosa de passear, com lojinhas interessantes, bons restaurantes e até limpinha para os padrões indianos. Cheia de ruelas, mal chegamos na cidade já fomos surpreendidos por crianças na rua nos convidando para jogar críquete (esporte nacional da Índia). Fofos.

 

ONDE FICAR

 

Na região próxima ao Jhankar Restaurant. O hotel RAAS é uma ótima pedida :)

 

QUANTOS DIAS

 

Dois dias inteiros está mais do que suficiente. 

 

COMO CHEGAR

 

Fomos de táxi Jaisalmer - Jodhpur. São 278km de distância entre um e outro, totalizando umas 4 horas de viagem. Viagem tranquila, estrada boa.

 

CASAS AZUIS

 

Primeiro vamos deixar uma coisa clara: grande parte das construções hoje em dia não são azuis. E isso me decepcionou um pouco. Pensei que iria chegar na cidade em PA, tudo azul. Não é bem assim, e inclusive foi um pouco difícil de achar o bairro das casas azuis. Anyway, é um bairro residencial (leia-se sem bares ou restaurantes), fofinho, cheio de ruelas azuis :)  Antigamente, somente as pessoas que pertenciam as castas mais nobres podiam pintar suas casas de azul. E para quem não leu no início do post, a cor azul foi escolhida por dois motivos: ajuda a refrescar o ambiente e serve de inseticida para mosquitos (o produto que usam para chegar na cor azul tem esse efeito).

PRAÇA DA TORRE DO RELÓGIO

 

O maior atrativo da praça na realidade nem é a Torre do Relógio e sim o enorme mercado que se inicia nesta praça, em volta da torre. Conhecido como Sardar Market, este mercado é o maior e mais importante de Jodhpur. E como você já deve imaginar, tem de tudo.

FORTE MEHRANGARH 

 

Construído em 1459, a antiga residência/fortaleza das famílias dos marajás (título nobre da sociedade antiga indiana) da região, hoje serve de principal ponto turístico da cidade. Do alto de uma colina, a cerca de 125 metros de altura, é possível avistá-lo quase que de qualquer ponto de Jodhpur. A visita é feita por um audio guia que vai contando a história do forte conforme você vai andando pelos cômodos. Enormes salões, templos, objetos, carruagens de elefantes, quadros, berços enormes…Mas de tudo que vimos, com certeza absoluta o que mais nos chamou atenção foram as mãos das mulheres dos marajás gravadas logo na entrada do forte. Por quê? Bem, a história é literalmente de arrepiar. Antigamente, na época dos marajás, suas esposas eram obrigadas a se cremarem vivas juntamente com seus maridos mortos. O mais chocante disto tudo, é que mesmo após a proibição no século 19 deste tipo de ato na Índia, há inúmeros casos de mulheres que ainda o fazem por vontade própria (mais comum no interior).

RESTAURANTES E BARES

 

BARADARI (HOTEL RAAS)

 

Rooftop com ótimos drinks, petiscos excelentes, música ambiente e uma vista que nem precisa de comentário :)

JHANKAR

 

Talvez o melhor restaurante da viagem. QUE comida. Só nao me peça para lembrar os nomes. Aconselho mostrar esta foto e pedir tudo que está na mesa!

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More