Machu Picchu

Peru

Agosto/2016

Machu Picchu, Peru

Também tem CuscoOllantaytambo neste roteiro, mas essas duas cidades ficam para outro post.

 

ONDE FICAR EM MACHU PICCHU

 

Duas noites - Belmond Sanctuary Lodge

A maioria das pessoas passam apenas uma noite. Tem como inclusive nem dormir, e fazer um bate volta de Cusco ou Ollantaytambo. Porém, já que o Machu Picchu era o ponto alto de nossa viagem, resolvemos ficar no único hotel de frente para a cidade perdida dos incas, dormir duas noites e ir duas vezes ao parque, bem tranquilos, aproveitando todas as energias possíveis desse lugar maravilhoso S2

DICAS GERAIS

 

Tudo bem pegar um guia lá na entrada do parque mesmo. Sem problemas. Paguei uma fortuna por um guia do hotel e reparei que é a mesma coisa que os outros.

 

É muita beleza pra um dia só, aproveite para ir pelo menos dois dias, afinal, você já veio até aqui!

 

Se puder, fique no hotel lá em cima, o Belmont. Vista para o Machu Picchu, não precisa acordar de madrugada, restaurante é sensacional, tem aula de drinks, história sobre Machu Picchu, observação das estrelas, jacuzzi, massagem, orquidário…

 

Cusco é alto, muito alto. Nao pense que mal de altitude é para os fracos. Comi, bebi, não fiz nada que recomendam e passei mal. Muito mal. Depois era só na folha de coca e oxigênio. Sim, dá de comprar bombinhas de oxigênio nas farmácias. 

 

Dá para carimbar o passaporte com um carimbo do Machu Picchu logo na entrada do parque :)

 

No parque, há um guarda-volumes, banheiros e uma lanchonete, porém tudo láá na entrada. Ou seja, leve um lanchinho e uma água na mochila :)

 

DOCUMENTAÇÃO

 

Passaporte, ou até mesmo identidade. De qualquer maneira, eu sempre levo o passaporte, mais garantido.

 

COMO CHEGAR

 

Já vou avisando, não é tão simples assim! 

 

A maneira mais fácil, bonita e confortável para se chegar a Machu Picchu é de trem, direto de Cusco (Estação Poroy). A vista é maravilhosa, as janelas do trem são largas e servem comida a bordo :) A Peru Rail é a mais famosa empresa de trem e possuem três tipos de vagões: um baratinho (Expedition), um médio (Vistadome) e um carão (Hiram Bingham). Acho que o médio (Vistadome) está de ótimo tamanho. Sério mesmo, tem todo o conforto. Aaaa não ser que você esteja em lua de mel e tudo mais. Para comprar os tickets, basta entrar no site oficial, selecionar a data, horário e o tipo de vagão que você quer, imprimir e voilá! Lembrando que é sempre bom estar na estação pelo menos 30 minutos antes da partida.

Trem para o Machu Picchu

MAS, por que eu falei que não era fácil? Bem, primeiro por que a estação de trem de Cusco na realidade não é em Cusco, e sim em Poroy, a mais ou menos 15 minutos de carro do centro de Cusco. Você pode ir de táxi ou de van para a estação. Táxi é barato normal, van é ridiculamente barato. Onde se pega van? Tem alguns pontos na cidade pré demarcados, pergunte no seu hotel que eles saberão te informar melhor :) Então é só ir para o ponto, e esperar a van. Não precisa comprar ticket antes, é bem tranquilo. E, na pior das hipóteses você pegará um táxi e pagará em torno de 20 reais :)

 

Em segundo lugar, que o trem não leva você direto para Machu Picchu, e sim para uma cidade chamada Águas Calientes. Chegando lá você ainda vai ter que comprar um ticket de um microônibus ida e volta para Machu Picchu, esperar em uma fila, e então sim, finalmente, chegar na cidade perdida dos incas! 

 

E bate e volta de Cusco? Se você tiver disposição, vá na fé! Vai ser corrido e cansativo, mas que dá, dá.

DICA - OLLANTAYTAMBO

 

Tem uma cidade muita fofa no caminho entre Cusco e Machu Picchu chamada Ollantaytambo. Vale a pena ir de van/táxi até essa cidade, dormir lá uma noite e só no dia seguinte pegar o trem para Machu Picchu. Os trens para Machu Picchu saem de Ollantaytambo também, tipo uma escala :) 

Ollantaytambo

QUAL MELHOR LUGAR EM MACHU PICCHU

 

Então, tem duas opções. Ou você fica lááá embaixo, em Águas Calientes, ou fica literalmente na frente do Machu Picchu, no Belmond Sanctuary Lodge. Resumindo, Águas Calientes é uma cidadezinha bem pequena (meio sem graça) com várias opções de acomodações baratas. Para chegar ao Machu Picchu, é preciso pegar um ônibus. O primeiro ônibus sai às 5h30 da estacão de Águas Calientes. Já tem gente na fila desde as 5h! Então se você quiser ver o nascer do sol, vá cedo! O Belmond é um hotel (único hotel) de frente para a entrada do Machu Picchu. Você inclusive tem uma visão privilegiada da cidadela de Machu Micchu diretamente dos jardins do hotel. O preço não é nada amigável, mas vale a pena! Sério mesmo. Nada de acordar de madrugada para pegar fila para o ônibus em Águas Calientes, nada de pressa, confusão...é só alegria :)

Onde ficar em Machu Picchu

BELMOND SANCTURAY LODGE

 

Como dito anteriormente, é o único hotel em frente ao Machu Picchu. É um hotel cinco estrelas,  no meio da floresta, com um jardim de orquídeas, fontes de águas naturais, um observatório estelar, jacuzzi entre as árvores, e uma vista única para o Machu Picchu :) Ah! E a comida é muito boa! 

QUANDO IR

 

Abril a Setembro. Mais chances de tempo firme e menos pessoas no parque :) Janeiro e Fevereiro chove MUITO. Junho e Julho o tempo é firme, porém cheio de turistas.

TICKETS

 

Os tickets podem ser comprados tanto pela internet, no site oficial do governo, como em uma loja oficial no centro de Águas Calientes. Caso você esteja planejando subir a Huaynapicchu ou a Montaña de Machu Picchu, compre o quanto antes possível. Nem pense em deixar para comprar em Águas Calientes. Esgotam rápido, muito rápido.

 

Machu Picchu (128 soles)

 

Pode entrar no Machu Picchu desde a abertura do parque. Isso significa, nascer do sol :) E não precisa sair correndo, pois como o Machu Picchu fica entre montanhas, o sol demora muito mais para nascer por lá.

 

Com esse ticket você poderá caminhar por todos os cantos de Machu Picchu, Ponte Inca, Porta do Sol e toda a cidadela de Machu Picchu. Para as melhores vistas e fotos de Machu Picchu, basta esse ticket :)

 

 

Machu Picchu + Huaynapicchu (152 soles)

 

Com seus 2.720 metros, Huaynapicchu é a montanha mais famosa de Machu Picchu. Para subir lá tem que comprar esse ticket especial, que inclusive é limitado a uma quantidade de 400 pessoas por dia divididos em dois horários pela manhã. A subida e descida levam em torno de três horas. O que tem a mais nesse passeio? Mais alguns templos, ruínas e uma vista do topo do topo :) Imperdível? Acho que não.

 

Machu Picchu + Montaña (142 soles)

 

Outra montanha para se subir em Machu Picchu. Por ser menos famosa que a primeira, é mais fácil de conseguir tickets. 

 

Machu Picchu Vespertino (90 soles)

 

Só pode entrar depois da uma da tarde. Isso significa, sem nascer do sol. MAS, tem o pôr do sol :) Que inclusive, na minha humilde opinião, é muito mais bonito que o nascer do sol. O parque está mais vazio (BEM mais vazio) e tem um clima sereno. Sei lá. Show. Gostei do pôr do sol.

GUIAS

 

Apesar de não ser algo “obrigatório”, acho interessante pegar um guia para conhecer melhor Machu Picchu, afinal, depois do tour, você terá tempo livre para explorar a cidade sozinho de qualquer maneira. Os tours geralmente duram cerca de duas horas, pode se fazer em grupo ou privativo (depende quanto você quer gastar) e geralmente os guias falam espanhol e inglês. 

 

Nããão caia na mesma furada que eu! Não reserve nenhum passeio com o Belmont Hotel, escolha um guia na hora, lá na frente da entrada do Machu Picchu mesmo. Por que? Vários motivos:

 

  1. O que não falta na entrada do Machu Picchu são guias esperando para ser “contratados”.

  2. Passeio com um guia “qualquer” na frente do Machu Picchu é 50 dólares. Reservado com o Hotel, 300 dólares. Não, você não leu errado.

  3. Lendo a descrição do passeio que o concierge do hotel manda, parece que ele é único, imperdível, deuso, tudo de bom. Mas pelo que vi em relação aos outros, os únicos diferenciais são que tem lanchinho e que o passeio é privado.

 

 

CURIOSIDADES SOBRE O MACHU PICCHU

 

 

Eu não vou contar tuuudo, se não perde a graça. Mas aqui vão algumas curiosidades:

Machu Picchu fica bem no meio de uma cadeia de montanhas (coisa linda). A Huaynapicchu aponta para o norte e a Montaña de Machu Picchu para o sul. A cidade perdida fica bem no meio :) Mas não é só isso! Se você olhar ao redor, o encontro das dezenas de montanhas no horizonte formam um “V”. No “V” mais a direita, é exatamente onde o sol nasce no solstício de verão. A partir dai, o sol vai se movendo para a esquerda (eu sei que não é o sol que se move), e a cada “V” que ele vai passando, é um mês do ano. Até que chega o solstício de inverno, e ele começa a fazer o caminho de volta. Ou seja, os incas eram sinistros, e não dava para escolher mais a dedo esse lugar.

Machu Picchu

Como se não bastasse, láá na cidadela, mais especificamente no Templo do Sol, há uma janela apontada diretamente para o solstício de verão e outra para o solstício de inverno. Assim, quando ocorre um desses eventos, a janela fica totalmente iluminada.

Machu Picchu

As montanhas de Huaynapicchu formam o rosto de um inca olhando pro céu. Sim, bizarro.

Machu Picchu

Os incas tinham mais de 15 mil quilômetros de trilhas, espalhados pelo Peru, Brasil, Equador, Colômbia…sendo que a mais longa tinha 3 mil quilômetros.

 

Eles tinham um só Deus. 

Machu Picchu

Os espanhóis devastaram a maioria das obras, construções e cidades incas. Mas nunca acharam Machu Picchu. Não chegaram nem perto. Isso se deve ao fato de os incas, notando a invasão espanhola, decidiram abandonar Machu Picchu e destruir todas as trilhas que levavam até ela. Machu Picchu só foi ser redescoberta em 1911.

Machu Picchu

Não havia escrita. Todos os ensinamentos eram passados de geração a geração nas escolas.  Mas eles possuíam uma espécie de código feito com nós em cordas. Só os nobres sabiam “escrever” com esses nós. A dificuldade para decifrar esses códigos é um dos porquês que ainda pouco se sabe sobre os incas.

 

É comum ter terremoto na região, mas os caras eram tão fodas, que descobriram um jeito de construir quase que a prova de tremores. O segredo? Construções inclinadas para dentro. Como um V ao contrário, só que mais suave. E Machu Picchu continua lá, inabalável.

Para saber o resto, contrate um guia e vá descobrindo enquanto caminha pela cidade perdida! Fica mais emocionante. Vai por mim. Ou, se você é imediatista, também dá de ler na internet. Obviamente. Mas dai perde a  graça :)

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More