Marrakech

Marrocos

Junho 2016

MARRAKECH

 

Apesar de não ser a Capital do Marrocos (para quem não sabe, é Casablanca), Marrakech, conhecida também como cidade vermelha (afinal, as construções são TODAS vermelhas), é o principal destino turístico no país. Ainda que 98,7% da população seja islâmica, os marroquinos são bem tranquilos em relação a outras religiões. Inclusive, existe uma igreja católica dentro da Antiga Medina de Marrakech :) Habitada por berberes (povo antigo não muçulmano que habitava o norte da África) desde a Pré-História, a cidade somente foi conquistada pelos árabes por volta do ano 708, quando foi também convertida ao Islã. Entretanto, a cidade continuou sendo um acampamento berbere, até que em 1071 mais ou menos, a Antiga Medina começou a ser construída, transformando Marrakech em um forte centro cultural, econômico e político.

 

Hoje, Marrakech é uma loucura! Motos, pessoas, animais, bicicletas, feiras, especiarias coloridas e souks disputando o mesmo espaço no meio de um labirinto de ruelas (é sério, da para se perder lá fácil fácil) que é a Antiga Medina. Do lado de fora da Medina temos avenidas, resorts, discotecas e lojas de grife. Isso é Marrakech :) Agora junta tudo isso com as cinco chamadas em alto e bom som para a reza muçulmana durante o dia nos auto falantes espalhados pela cidade. Como eu disse, uma loucura. MAS, uma loucura boa! Daquelas que vale a pena experimentar :) Em um primeiro momento você vai pensar: que zona! Depois, você vai pensar a mesma coisa. Haha MAS, vai conseguir entender melhor o espírito da bagunça, como aquele seu quarto bagunçado que só você sabe onde colocou as coisas. É difícil explicar com palavras o espírito da cidade, então deixamos isso com o vídeo abaixo: 

Dicas Práticas: 

 

  1. Dentro da Medina, cubra sempre os ombros, peito e use roupas abaixo do joelho. Eu sei que faz calor, eu sei que é chato, mas a Medina é um lugar sagrado para eles, e devemos respeitar a cultura de nosso anfitrião, sempre! Fora da Medina está liberado! Mas não se passe, bom senso é tudo :)

  2. Apesar de dar um certo medo de nadar pela Medina - ainda mais a noite - relaxa! É super seguro, ninguém vai te roubar nem fazer nada :) 

  3. Não tenha pena de ignorar os vendedores nas diversas lojinhas de “badulaques” pela Medina. Eles são muito chatos, mesmo (quando você ir, você vai me entender). Basta olhar que eles já começam a falar sem parar e te mostrar um milhão de coisas.

  4. Barganhe. Eles sempre vão colocar o preço lááá em cima pra você. O preço é pelo menos a metade, acredite.

  5. Os taxis não tem taxímetros, então sempre feche o preço antes de entrar no taxi. O preço normalmente é cerca de 10 Dirhans. Gastei 40 Dirhans somente quando fui em uma área um pouco afastada do Centro de Marrakech.

 

DOCUMENTAÇÕES

 

Não precisa de visto nem vacinas :)

 

QUANTOS DIAS

 

Pelo menos três ou quatro dias, cinco é ok, sete acho que seria o máximo. 

 

ONDE FICAR EM MARRAKECH

 

Essa é uma escolha muito importante da viagem. Sério. Escolher se você vai ficar dentro ou fora da Medina pode mudar muito o clima da sua viagem. 

Fora da Medina 

 

Pontos positivos: resorts luxuosos, os melhores restaurantes e boates de Marrakech. Pontos negativos: a cidade é meio sem sal lá fora, muitas avenidas, ruim de andar a pé. 

 

Dentro da Medina 

 

Pontos positivos: você está no centro de tudo! Faz-se tudo a pé, muitas opções de bares e restaurantes. A maioria dos pontos turísticos ficam dentro da Medina, ou a apenas alguns metros. Melhor lugar para sentir e viver a verdadeira Marrakech. Ah! E o mais legal, os hotéis dentro da Medina são na realidade riads! Vou explicar melhor: Riads na realidade são antigas casas marroquinas. Essas casas foram restauradas e transformadas em hotéis de luxo :)  Ou seja, você na realidade está se hospedando em antigas casas de ricas famílias marroquinas! Nem preciso dizer que a arquitetura é linda, preciso?

 

Ponto Negativo: é uma bagunça só. De verdade. Isso pode irritar algumas pessoas. 

 

Como eu acho que quem está na chuva é pra se molhar, obviamente escolhi ficar dentro da Medina, e não me arrependo nenhum pouco :) Porém, conselho para você que está ficando velho, ou é muito chato: não economize no hotel. A curto e bom tom: sujeira, pobreza e desorganização já bastam as lá de fora. No seu hotel você vai querer paz e limpeza. Acredite. Os hotéis são verdadeiros oásis na Medina.

 

Acabei me hospedando no El Fenn Hotel e aconselho totalmente! Lindo, tem três piscinas, Spa, chá da tarde com bolos, doces e chás de graça, café da manhã delicioso, restaurante no terraço, e ainda de quebra você ainda “ganha” um mordomo (saudades Hamuda S2) 24 horas para lhe trazer bebidas e te acompanhar pela Medina a hora que você quiser.

Mostrar Mais

O QUE FAZER EM MARRAKECH

 

Aula de Culinária

 

Mesmo se você não é muito chegado (assim como eu) na cozinha, vale muito a pena fazer uma aula de culinária! A culinária marroquina é cheia de sabores, temperos e técnicas muito interessantes, como o cozimento em tajines por exemplo! E o melhor, super saudável :) Adorei toda a experiência, desde a ida ao mercado e escolha dos ingredientes, até a hora de colocar a mão na massa para então finalmente saborear tudo aquilo feito por você.

 

Obs: coelho é vendido no mercado que nem galinha, vivos. Então se você não deseja ver um coelho sendo morto, não escolha comer carne de coelho :)

 

Óleo de Argan

 

Dizem que esse óleo faz bem pra tudo! Hidrata o cabelo, deixa a pele mais bonita e inclusive também é vendido na versão “óleo para comida”. Se encontra em tudo quanto é canto da Medina.

Túmulos Saadianos

 

Próximo da Medina, por 10 Dirhans, você consegue entrar nesse mausoléu coletivo com mais de 60 túmulos de membros da dinastia saadiana. Foi construído a mando do Sultão Ahmed el-Mansour entre 1578 e 1603, porém, só foi descoberto novamente em 1917. São nada mais, nada menos, que vários túmulos chiques (feitos de mármore Carrara) :)

Palácio Bahia

 

Construído no final do século XIX, com nada mais nada menos que 8.000 m2 (!), o Palácio Bahia, com seus vários jardins, pátios e 160 quartos, já foi a mais rica residência de Marrakech. Seu dono era o Vizir Ahmed ben Moussa que possuía, além de suas 4 esposas, 24 concumbinas. Quando o Vigir morreu, em 1900, o palácioo foi fechado, porém isso nao impediu que antigos escravos roubassem quase tudo de precioso que havia dentro do palácio.

Jardim Majorelle do Yves St Laurent

 

Apesar de hoje ser mais conhecido como Jardim Yves Saint Laurent, na verdade esse jardim foi idealizado e construído por um pintos francês chamado Jacques Majorelle, que o fez com árvores e plantas dos cinco continentes! Somente após o falecimento de Jacques que Yves Saint Laurent comprou e restaurou o jardim como o conhecemos hoje :)

Medina

 

A Medina de Marrakech começou a ser construída por volta de 1071. Com muros altos para proteger a cidade, sua construção foi um fator importante para o crescimento sócio econômico da cidade. Como toda Medina, a Antiga Medina de Marrakech possui uma mesquita, um palácio real, um bairro judeu, souks, um centro comercial e outro residencial. Entrar na Medina é voltar vários séculos em uma máquina do tempo. Toda a tradição e estilo de vida antigos ainda imperam pelas ruelas desse labirinto sem fim. Andando por suas ruas estreitas, você irá perceber que todas as construções são feitas em barro vermelho, e quase não da de diferenciar um lugar do outro. Você nunca imagina o que está por trás das portas de madeira, é como entrar em outro mundo.

 

Obs: é sempre bom andar nos cantos das ruas, pois os motoqueiros são meio avoados por lá, e nunca sabe quando um vai aparecer do nada.

Koutoubia Mesquita

 

A mesquita de Koutoubia é a maior e principal mesquita de Marrakesh. A palavra Koutoubia significa livreiro. Mas por que uma mesquita teria esse nome? Simples, os jardins em volta da mesquita eram usados para comércio de pergaminhos (e depois livros) por viajantes. Assim, a mesquita acabou herdando esse nome :) Infelizmente só é permitida a entrada de muçulmanos, e para nós, só resta a visão de fora mesmo. Que é linda, diga-se de passagem.

Souks

 

São nada mais, nada menos, que mercados de rua vendendo os mais diversos artigos dentro da Antiga Medina: tecidos, tapetes, bolsas, jóias, couro, temperos, artesanatos…você vai reconhecer um quando ver :) Ah! Aqui é onde aquela política da barganha funciona. Não se esqueça disso. Dica? Já reduza o valor pela metade na primeira negociação.

 

Jemaa el-Fna

 

Praça principal da Antiga Medina, é o ponto turístico mais visitado de Marrakech. Durante o dia, prove o famoso suco de laranja (se você tiver coragem, eu não tive.) vendido nas inúmeras barraquinhas, ou, tire uma foto (e pague caro por isso) com um dos macacos ou serpentes espalhados pela praça. E ainda, com a chegada do anoitecer, centenas de barracas começam a ser montadas e se transformam nos mais variados restaurantes de rua! Então, uma multidão toma conta da praça para comer, beber, contar história, jogar algum jogo, e assim vai…

LOJAS

33

 

Loja bem em frente ao Jardim Majorelle. Roupas, Jóias e umas artes marroquinas bem legais :)

Ruelas Medina

 

Sempre bom lembrar dos souks pelas ruelas da Medina!

 

El Fenn Boutique

 

Essa boutique fica dentro do hotel El Fenn. Tudo é muito lindo e bem marroquino. Vendem desde roupas a enfeites para casa :)

RESTAURANTES E BARES EM MARRAKECH

 

Terrasse des épices

 

Não fui, mas deve ser muito bom. Muito bem recomendado, é em um terraço no meio da Medina. É possível reservar uma mesa diretamente no site :) Aproveita e já da uma olhadinha nas fotos, é muito bonito!

 

Nomad

 

Terraço na Medina, comida e drinks boas, vista bem bonita :)

Bô Zin

 

SENSACIONAL. O restaurante é lindo, a comida é deliciosa (mais oriental e asiática) e ainda tem um DJ para a animar a galera. Na noite que fomos, além do DJ, apareceu um percussionista muuuito bom! E como se não bastasse, esse restaurante tem a opção de pedir todas os pratos do cardápio em pequenas porções. Isso simplesmente conquistou meu coração que sempre sofre na hora de escolher. Comemos todas as entradas, todos os pratos principais e todas as sobremesas :DD

Comptoir Darna

 

Apesar de a comida ser bem boa, o que chama a atenção nesse restaurantes são as dançarinas de dança do ventre que se apresentam todos os dias aqui! Turístico, mas divertido :)

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More