Rishikesh

Índia

Fevereiro 2019

Referência mundial quando o assunto é prática de yoga e meditação, Rishikesh fica em meio a montanhas, nos pés do Himalaia onde o Ganges ainda é transparente. Isso mesmo, rio Ganges transparente e prontinho para você dar um mergulho! Só com essa descrição, eu já imagino um oásis em plena Índia. E de fato, Rishikesh foi a cidade mais serena que visitamos neste país (leia-se novamente: “neste país”.) Seguindo este pensamento, a cidade é inteiramente vegetariana e sem álcool. Dá para imaginar? Uma cidade inteira vegetariana e nem uma cervejinha sendo vendida na esquina? Pois é. A primeira parte não me incomoda, até gosto. Mas confesso que senti falta do momento “sentar em uma mesinha na rua e tomar uma cerveja ou vinho enquanto observa a vida passando”. Mas tudo bem, um dos grandes motivos de eu viajar é exatamente esse: conhecer culturas e principalmente vivenciar novas experiências :)

 

E claro, ao ler sobre Rishikesh, você irá se deparar muito com os Ashrams. Que nada mais são que lugares onde as pessoas buscam a elevação espiritual através de exercícios para o corpo e a mente. Sempre seguindo orientações de um guru. Caso você tenha curiosidade, é possível se hospedar em um destes ashrams, e Rishikesh é um dos lugares mais recomendados do mundo para você fazer isso :) Inclusive, a cidade ficou mundialmente conhecida exatamente por causa de seus Ashrams e pela visita dos Beatles a um deles em 1968. Falaremos mais disso adiante. De qualquer maneira, aconselho se hospedar em um Ashram mais afastado da cidade e próximo da natureza. Infelizmente, mesmo em Rishikesh, há MUITAS buzinas. E bem, pelo menos para mim, um centro de relaxamento e elevação espiritual tem que ter som de passarinhos cantando ao fundo, e não de buzinas.

COMO CHEGAR

 

Basicamente há três formas: táxi, trem e ônibus. Escolhemos o ônibus. Why? Táxi é desconfortável, não tem como deitar, etc. O trem não chega até Rishikesh, somente até uma cidade próxima, então teria que pegar táxi de qualquer maneira. O ônibus é direto New Délhi - Rishikesh, bancos reclináveis e ar condicionado. A viagem toda dura em torno de 6 horas. Há inclusive a opção de ônibus noturno: cama, travesseiro, coberta…Eu adorei a experiência do ônibus noturno. O Ricardo diz que nunca mais quer fazer isso. Então vai de cada um :)

ONDE FICAR

 

Hotel EllBee Ganga View 

 

Prós: quarto e banheiro grandes e espaçosos. Vista para o rio. Limpo.

Contra: café da manhã só havia fritura e o salão era meio sujo demais. Fica mais afastado do centrinho.

 

A melhor região para se hospedar na minha opinião é do lado direito do rio perto do The Little Buddha Café.

 

O QUE FAZER

 

 

PRATICAR YOGA OU MEDITAÇÃO

 

Mesmo que você não se hospede em um Ashram, nada está te impedindo de praticar um pouco de yoga e/ou meditação! Aulas e oportunidades é o que não faltam.

ANDAR

 

Nada melhor que andar sem rumo para conhecer uma cidade. Além do mais, a cidade tem praticamente apenas duas ruas principais.

LAXMAN JHULA

 

Ponte suspensa e colorida que liga os dois lados da cidade. Como tudo nessa terra há uma lenda por trás, esta ponte não poderia ficar fora: reza a lenda que Lakshmana (divindade hindu) cruzou o Ganges em cima e uma corda no exato local onde mais tarde, no ano de 1929, seria construída a  Laxman Jhula.

APRECIAR O GANGES (Rafting?!)

 

Uma coisa é certa: o cenário onde esta cidade foi construída é maravilhoso! Sentar em uma das escadarias pela manhã, sentir o sol no rosto e observar a correnteza do rio Ganges em meio aquelas montanhas faz bem não só para os olhos, mas para a alma. Prefere mais adrenalina? No problem, só fazer um rafting! 

VISITAR O ASHRAM DOS BEATLES

 

Na realidade não é deles o Ashram, obviamente, e sim o local que a banda escolheu para passar algumas semanas em 1968 praticando meditação transcendental justamente com o guru Maharishi Mahesh Yogi. Curiosamente, o grupo chegou a compor quase que 50 músicas no período que passaram no Ashram, sendo inclusive considerado o momento mais criativo dos Beatles. Hoje o lugar está quase que completamente abandonado (o que até que deixa as construções bem interessantes), à exceção de alguns cômodos com fotos dos Beatles e explicações sobre as técnicas da meditação transcendental.

RESTAURANTES

 

PURE SOUL

 

Café simpático com linda vista para as montanhas. E para falar bem a verdade, único local de Rishikesh que escutamos somente o som da natureza, sem buzinas. Paz. 

 

THE LITTLE BUDDHA CAFE

 

Outro café simpático com vista para o Ganges. Local bem agradável, rústico.

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More