Turks e Caicos

Caribe

Dezembro de 2014

turks e caicos

QUANTOS DIAS E ONDE FICAR

Doze dias - Reef Tides Villa

 

ÉPOCA

 

É verão o ano inteiro. São em média, 320 dias de sol no ano. Ou seja, qualquer época é a época de ir para Turks e Caicos. Lembrando que no natal e ano novo os preços sobem muito!

 

DOCUMENTAÇÕES

 

Apesar de Turks e Caicos não exigir visto para estadias até 90 dias, é preciso do visto americano para fazer a conexão em Miami. É bom levar consigo o certificado internacional de vacina contra febre amarela, pode ser que peçam, pode ser que não.

 

LOCOMOÇÃO

 

Apesar de ser uma ilha relativamente pequena e plana, recomendo alugar um carro, ainda mais se você resolver ficar em uma villa ou em um resort afastados do “centro”. Sem contar com a liberdade que o carro proporciona para para explorar a ilha e suas praias.

 

Ps: a mão é inglesa!

 

MOEDA

 

Dólar.

 

O COMEÇO DE TUDO

 

Eu sempre costumo dar uma olhada no mapa do mundo para decidir minha próxima viagem. É bom para ter uma idéia dos países ou cidades próximos, da região, distâncias, etc. Mas desta vez esta técnica foi levada mais a fundo. Um belo dia eu estava mexendo no Google Earth (é como um passatempo) e estava olhando mais de perto o Caribe. Não pude deixar de perceber que a região de Bahamas é a mais clara do Caribe, então eu fui dando zoom para ver as redondezas. Acabo que me deparo com um aglomero de ilhas chamadas “Turks and Caicos”.

turks e caicos

Nunca havia ouvido falar nesse país (você já?), então fui direto ao Google, digitei “Turks and Caicos” e as primeiras fotos que me apareceram foram:

 

Não tem como não cair o queixo! Já me imaginei aterrizando naquele aeroporto no mesmo instante! Comecei a pesquisar e descobri que a ilha já fôra colônia da Inglaterra e hoje é destino de luxo. O que foi muito surpreendente, pois esperava que fosse uma ilha deserta cheia de bangalôs e quem sabe alguns habitantes indígenas ou algo do gênero. Santa ignorância a minha! Acabou que alguns meses depois meus pais estavam querendo alguma ilha paradisíaca para passar natal e reveillon com toda a família, e lá fomos nós para Turks e Caicos!

Turks e Caicos

COMO CHEGAR EM TURKS E CAICOS

 

Não há vôo direto do Brasil para Turks e Caicos, e a melhor conexão para se fazer é de Miami. O vôo de São Paulo a Miami é de aproximadamente 7 horas e meia, e de Miami a Providenciales – Turks e Caicos dura em torno de 90 minutos. Um fato curioso é que no vôo Miami – Providenciales o tamanho e a quantidade de bagagem permitida, equivale a vôos nacionais e não internacionais. Ou seja, não se exceda na hora de fazer a mala!

 

A ILHA

 

Turks e Caicos é na realidade um arquipélago formado por 40 ilhas. A maioria são mini ilhas espalhadas em volta de seis ilhas principais: Providenciales, North Caicos, Midldle Caicos, East Caicos, South Caicos e Grand Turk (onde fica a capital). Apesar de terem se tornado independentes da Inglaterra na década de 80, as ilhas são consideradas um Território Ultramarino Britânico. Ou seja, Turks and Caicos ainda esta sob soberania da Rainha Elizabeth II, tendo inclusive uma foto da rainha logo quando se desembarca no aeroporto.

 

Escolhemos ficar na Ilha de Providenciales, onde há a maior concentração de hotéis, restaurantes e população do país. Normalmente eu tenho preferência por cidades pequenas à cidades grandes, pousadas à hotéis/resorts, ruelas à avenidas, andar à pegar metro...Porém, quando se trata de Turks e Caicos, as opções são extremamente antagônicas: ou você fica na ilha principal (Providenciales) onde há villas, resorts, hotéis, restaurantes, bares e lojas locais. Ou seja, há civilização e vida; ou, você escolhe se hospedar em um resort/hotel (que são bem poucos e afastados uns dos outros) em outra ilha e ficar totalmente isolado do resto do mundo. Quer dizer, Grand Turk também há um pouco de agito.

 

Ir a Providenciales é relaxar a beira mar. É aproveitar as águas calmas, mergulhar nos extensos corais (vi um polvo!); fazer um passeio de barco para as outras ilhas; mais praias; ter um jantar exclusivo a luz de velas com os pés na areia; andar a cavalo no mar (isso mesmo); ver o pôr do sol; nadar na lagoa mais clara que você vai ver na sua vida; fazer um mergulho; kiteboard; stand-up padlle; admirar a paisagem e pensar que você está em uma minúscula ilha no meio do oceano! E a água....a água é indescritível! Os tons variam entre o cristalino e as diferentes tonalidades de azul e verde. Um verdadeiro espetáculo da natureza :) Ah! Não se esqueça da areia branquinha, branquinha, para dar um contraste. Esse cenário paradisíaco de imensidão azul é o destino perfeito e certeiro para o verão: são em média 320 dias de sol por ano!

Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos

Mas calma! Não é só de mar, praias e lagoas que vive esta ilha (apesar de ser quase isso). A Grace Bay Road possui um centrinho chamado The Regent Village, onde há uma concentração de cafés, sorveterias, restaurantes e algumas lojas locais.

 

Uma aviso muito importante para alguns: não ache que você irá encontrar qualquer coisa para comprar além de souvenirs, camisetas tai dai escrito “Turks and Caicos”, conchas, quadros e outros artesanatos locais. Correção: é possível sim encontrar relógios, jóias e tabaco por um bom preço (mas sem muitas opções), sendo que lá é zona de tax free. Fora isso, esqueça!

 

O QUE FAZER EM TURKS E CAICOS

 

Pescaria

 

Mergulho nos Corais

 

Cassinos

 

Trilhas e Day Trips para as outras ilhas

 

Passeio a cavalo no mar

 

Há dois lugares onde é possível reservar um passeio a cavalo pelas praias de Providenciales: Provo Ponies e Caicos Corral. É possível fazer passeios em grupo ou privativos.

Passeio de barco

 

Um programa muito comum em Turks e Caicos é o aluguel de barcos para explorar as outras ilhas da região. Há opções de aluguéis privativos e coletivos. As empresas oferecem desde passeios simples (que geralmente inclui snorkeling), quanto passeios especiais (com pôr do sol por exemplo) e passeios com mais clima de festa! Pode-se escolher entre fazer um passeio pela manhã, tarde ou o dia inteiro.

 

Aqui você pode encontrar diversas empresas que fazem estes passeios. 

 

Dicas: Se você não escolher um passeio exclusivo de snorkeling, recomendo pular esta parte e ir direto para as ilhas próximas a Providenciales; Evite ir a Little Water Cay (Ilha das Iguanas) que geralmente é oferecido, a não ser que você queira muito ver iguanas e não se importe de “perder tempo” com elas em vez de aproveitar as praias; Se possível vá direto para Pine e Parrot Cay!

Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos
Turks e Caicos

AS PRAIAS

 

Grace Bay

 

É a praia principal de Providenciales onde se concentra a maioria dos resorts. São quase 5 quilômetros de areia branquinha com águas calmas e transparentes. É considerada a segunda praia mais bonita do mundo (segundo o Tripadvisor), e realmente tem seus encantos. Porém, na minha humilde opinião, há, na própria ilha de Providenciales, praias mais bonitas que Grace Bay Beach, como a Taylor ou Sapodilla Bay. Ou talvez eu tenha essa impressão por que prefiro praias menores, mais desertas e com menos gente. De qualquer maneira, achei a praia de Grace Bay mais bonita na altura do Grace Bay Club, ou mais para cima ainda, seguindo na direção do Club Med.

 

Dica: os resorts não alugam cadeiras e espreguiçadeiras de praia para não-hospedes. Assim, se você estiver em uma villa, aconselho levar sua própria cadeira ou ficar em frente ao Somewhere Beach Bar, pois eles alugam amenidades de praia (porém a praia não é tão bonita nesta parte).

Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos
Grace Bay Turks e Caicos

Turtle Tail

 

Há duas praias, uma maior e de melhor acesso, e uma menor e mais reclusa. Fomos a menor, e apesar de linda e deserta, não há uma sombra se quer e é preciso fazer uma mini trilha pelos galhos secos (não é tão fácil de achar!).

 

Long Bay Beach

 

É o principal ponto de kiteboarding da ilha! Fica exatamente ao lado oposto de Grace Bay Beach e tem aproximadamente 4.8 quilômetros de extensão. Muito linda e mais deserta que Grace Bay Beach.

 

Sapodilla Bay

 

Esta e a Taylor Bay estão entre as minhas preferidas de Turks e Caicos! É pequena (possui apenas 275 metros), águas muito calmas e transparentes, pouquíssimas pessoas, há sombra de árvores (apesar de serem poucas) e a profundidade da água permanece a mesma por metros e metros....como uma piscina! Não perca o pôr do sol nesta praia! É um excelente local para alugar uma villa também.

Sapodilla Bay Turks e caicos
Sapodilla Bay Turks e caicos
Sapodilla Bay Turks e caicos
Sapodilla Bay Turks e caicos

Taylor Bay

 

É a irmã menor de Sapodilla Bay (inclusive são uma do lado da outra). A única diferença é que a Taylor Bay é menor e mais deserta que a Sapodilla Bay, pois não possui tantas villas em frente a praia.

Taylor Bay Turks e Caicos
Taylor Bay Turks e Caicos
Taylor Bay Turks e Caicos
Taylor Bay Turks e Caicos

Chalk Sound Lagoon

 

Não tenho palavras para descrever esta lagoa! No caminho para Sapodilla e Taylor Bay é possível ter uma rápida visão desta linda lagoa natural de cor turquesa. Apesar de ser uma lagoa (que nós brasileiros já pensamos em cor de barro, eu penso pelo menos) é muito mais transparente que muitas praias que já visitei! É rasa e perfeita para um mergulho ou stand up paddle. É meio difícil achar um lugar para estacionar o carro para observar ou nadar na lagoa. Aconselho almoçar no Brisas Restaurant, que tem estacionamento e acesso direto a lagoa. Ou você pode somente estacionar por ali e ir direto para um mergulho. Confesso que o restaurante não é dos melhores, mas a vista faz valer a pena!

 

RESTAURANTES E BARES EM TURKS E CAICOS

 

Apesar de ser possível encontrar ótimos restaurantes e cafés na região do The Regent Village, a grande maioria (e os principais) bares e restaurantes ficam nos resorts a beira mar. A comida típica da ilha são os diversos pratos feitos com carne de concha. Para ser sincera eu não achei nada bom!

 

Stelle (Gansevoort)

 

Confesso que estava meio receosa com este restaurante. É um dos mais sofisticados de Turks e Caicos, e por este motivo pensei que poderia ser daqueles restaurantes que os chefs tentam inventar moda, prestam mais atenção na aparência do que no sabor e acabam apresentando um prato ruim e muito caro. Engano meu! Os pratos estavam super saborosos, bem servidos e o clima é muito agradável. Nadinha a reclamar :)

 

Somewhere.... Café & Lounge

 

Este bar mexicano funciona o dia todo (desde o café da manhã!). A noite tem banda ao vivo e uma linda vista para o pôr do sol na praia de Grace Bay Beach!

bar
somewhere café and lounge

Da Conch Shack

 

É um beach bar/restaurante localizado nas areias (sim, pés na areia) da praia de Blue Hills. É bom dar uma ollhada na programação para ver os dias e horários de shows ao vivo e Dj's!

 

Clique aqui para acessar o site oficial. 

 

 

Coco Bistro

 

Apenas alguns metros de distância do The Regent Village está um dos melhores restaurantes da ilha! As mesas são postas a céu aberto embaixo de palmeiras, criando um clima aconchegante. Todos os pratos pedidos por minha familia (que não foram poucos) estavam muito bons! Realmente vale a pena jantar uma noite (ou quem sabe duas) neste delicioso restaurante!

 

Infiniti Bar (Grace Club)

 

É tido como o bar mais comprido do Caribe! São diversos bancos dispostos ao longo de uma mesa alta bem extensa voltada para a praia de Grace Bay Beach. Na ponta da mesa fica um Dj muito bom (pelo menos quando eu fui)!

 

Anacaona (Grace Club)

 

Este restaurante em frente a praia é o principal do Grace Bay Club. Não aceita crianças menores de 12 anos.

 

Grill Rouge (Grace Bay)

 

Também fica no Grace Bay Club, e em frente a praia. Porém, é mais casual e aceita crianças.

 

Le Bouchon du Village

 

Muito bom para um café da tarde ou jantar!

 

ONDE FICAR EM TURKS E CAICOS

 

A principal acomodação da ilha são os resorts (não há pousadas, pelo menos pelo que pude perceber), todos em frente ao mar, com piscinas, academias, restaurantes, bares, spas, serviço de praia e todas as outras mordomias que você pode imaginar. Há também uma grande variedade de villas (ou casas) para alugar. Particularmente, acho muito mais proveitoso alugar uma villa, principalmente se você estiver com a família inteira como nós. Assim se tem mais privacidade e liberdade. Por exemplo, em uma villa você pode fazer um churrasco na beira da piscina olhando o mar caribenho...nada mal! Quando fomos, usamos o site HomeAway, mas acredito que hoje o Airbnb cumpre bem a função.

 

Melhores resorts

 

Grace Bay Club

 

Gansevoort

 

The Palms

 

Amanyara

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More