VIAGEM

Tailândia

Camboja

Vietnã

Fevereiro/Março 2014

Já há muito tempo eu tinha curiosidade de conhecer estes países. Afinal, são povos, culturas, crenças e histórias completamente diversos do que estamos acostumados a ver e vivenciar. Acho extremamente importante conhecer, entender e principalmente respeitar as outras culturas existentes neste mundo, os outros modos de se pensar e viver. Acredito que as pessoas deveriam deixar um pouco de lado as viagens convencionais e se aventurarem mais para estes destinos tidos como “exóticos”. Tente algo novo! Em vez de marcar uma viagem para Paris nas próximas férias, vá para o Marrocos, Japão, Myanmar, Nepal, Tailândia ... seja criativo! Experimente novas sensações, conheça pessoas diferentes, esteja aberto para o desconhecido, teste seus limites. É incrível como a percepção sobre o mundo, sobre o certo e o errado, e principalmente, sobre o ser humano, modificam.

 

CIDADES

 

Tailândia                 

 

Koh Tao

Bangkok

 

Camboja

 

Siem Reap e Angkor

Koh Rong

 

Vietnã

 

Phú Quoc

Hôi An

Hue

Hanói

Ha Long Bay

 

Emirados Árabes  

 

Dubai

                                                                                                                                         

DOCUMENTAÇÕES

Tailândia

 

Brasileiros não necessitam de visto para estadias até 90 dias. Porém, é requisitado, logo na entrada, o certificado internacional de vacina contra a febre amarela.

 

Camboja

 

Brasileiros necessitam de visto, porém este é comprado logo na entrada do país, sem qualquer preenchimento prévio de formulário. Todavia, deve-se ter em mãos passaporte válido por no mínimo 6 meses, uma foto 3x4 e o certificado internacional de vacina contra a febre amarela. O visto custa 30 dólares + 7 dólares de taxa.

 

Obs: se você estiver entrando no país via terrestre, o preço pode variar, visto que os oficiais cambojanos da fronteira terrestre são malandros e “meio” corruptos.

 

Clique aqui para acessar o site oficial e obter mais informações.

Vietnã

 

É necessário visto para a entrada no país. Há duas formas de se conseguir o visto:

 

1. Solicitar o mesmo antes de sua viagem diretamente na embaixada vietnamita no Brasil.

2. Solicitar o visto diretamente na imigração do Vietnã, necessitando do preenchimento prévio de formulário para a obtenção da carta de aprovação, que deverá ser apresentada ao oficial. Somente é possível quando a entrada no país se der por via aérea.

 

Eu preferi requerer o visto via correio diretamente à embaixada vietnamita no Brasil. Você pode também dirigir-se até o consulado, porém só há consulado vietnamita em Brasília. Assim, você deverá preencher um formulário e enviá-lo via correio para a embaixada em Brasília junto com os seguintes documentos:

 

1. Foto 4x6

2. Passaporte com validade mínima de 1 mês

3. Fotocópia da página de dados pessoais do passaporte

4. Reserva de hotéis, vôos, etc.

5. Prova do pagamento das taxas.

 

O visto de um mês para turistas custa 200 reais, e demora 5 dias úteis.

 

Para mais informações, acesse o site oficial. Ou envie e-mail com suas dúvidas para embavina@yahoo.com ou vnconsular@gmail.com (eles não falam português, somente inglês. Pelo menos na época em que eu solicitei).

 

Não é necessária a apresentação de comprovante internacional de vacina contra a febre amarela, porém é recomendado pela Organização Mundial de Saúde que ao viajar para o Vietnã, e inclusive qualquer outro país do Sudeste Asiático, tome-se vacina contra hepatite A, B, tétano, febre tifóide, entre outras.

 

Para mais informações sobre como conseguir o visto logo na entrada do Vietnam, clique aqui.

Emirados Árabes

 

Brasileiros não precisam de visto para os Emirados Árabes para viagens de até 90 dias. Basta possuir um passaporte com validade de no mínimo 6 a partir da data de saída.

 

ÉPOCA

Tailândia e Camboja

 

É preferível conhecer estes países entre os meses de novembro a fevereiro, quando se tem um clima mais fresco e com menos chuvas. Evitar ao máximo ir durante as monções, que duram de maio até outubro.

 

Vietnã

 

Cada região do Vietnã tem um clima diferente. Ao sul, os meses mais secos e frescos vão de dezembro a janeiro. Os meses mais quentes e secos, de fevereiro a abril. Já na costa central, há maior concentração de chuvas entre agosto e janeiro (com maior índice de chuvas entre setembro e dezembro), com a estação mais seca entre fevereiro e julho. Por último, ao norte, nos meses de novembro a abril, o clima é mais frio e seco, e de maio a outubro, mais quente e chuvoso. Sendo assim, concluo que os melhores meses para se viajar ao Vietnã seria de janeiro a abril.

 

Dubai

 

De junho a setembro é verão em Dubai, e não, isso não significa que é a melhor época de ir, já que a umidade pode chegar a 90%. Julho e agosto são os meses mais quentes, evite. A melhor época para ir à Dubai é no “inverno”, entre novembro e abril, onde os termômetros variam entre 24 e 32 graus. É quente, não tem como escapar.

MOEDA

 

Tailândia

 

Baht (THB) 10 reais=100 baths

 

Camboja

 

Riel (KHR) 10 reais=12.254,00 riel . Porém, o dólar é tão usado quanto o riel. 

 

Vietnã

 

Dong (VND) 10 reais=66.000,00 dong

 

Dubai

 

Dirham (AED) 10 reais=11,27 dirham

 

Sim, todos os países têm moedas diferentes :)

LOCOMOÇÃO

 

Para ir de uma cidade a outra, utilizamos de praticamente todos os meios de locomoção possíveis: aviao, ferrry e mini van. Dentro das cidades nos locomovíamos muito a pé, e quando necessário, taxi.

 

DICAS

 

1. É quente, muito quente! Leve somente roupas frescas! Em 90% dos lugares você usará bermuda, camiseta ou vestido e chinelo/sandália. Porém, se você for ao norte do Vietnã, Hanói e Halong Bay, em março como nós, leve casacos e moletons!

 

2. Nos templos, é obrigatório estar com pernas, ombros e peitos cobertos. Respeite!

 

3. Em alguns banheiros (normalmente os de postos de gasolina ou lugares mais frequentado por locais) não há vaso sanitário, apenas um buraco no chão e um depositório de água ao lado com um baldinho que é para você encher e jogar dentro do buraco, tipo uma descarga manual. É estranho e meio nojento, mas fazer o quê?

 

4. Ande sempre com o endereço do hotel e do lugar que você deseja ir no bolso, muitos taxistas não falam inglês. Inclusive, no Vietnã, fora os hotéis e principais restaurantes, ninguém fala inglês! É na base da mímica e criatividade :)

 

5. Prove as comidas típicas de cada país! As culinárias taliandesa e cambojana em especial são maravilhosas! Tem muito curry, banana, abacaxi, peixe, arroz de jasmim, satay de frango, gengibre, pimenta e leite de coco!

 

6. Prove os insetos fritos em Bangkok! Se é bom? Não, não são....mas qual vai ser a outra oportunidade que você vai ter de comer insetos?! Meu pai gostou bastante do grilo frito, pediu uma cerveja e comeu como petisco. Fica a dica. Ah! Outra coisa, é bom verificar se você não é alérgico a escorpião, pois não é raro alguma manifestação alérgica quando ingerido.

 

7. Você verá muitas barracas de comida espalhadas pela ruas. Os tailandeses, cambojanos e vietnamitas têm o costume de tomar café da manhã, almoço e janta nestes lugares. Eles colocam mini mesinhas e cadeiras em volta, se sentam e comem ali mesmo! Tudo junto e misturado. Porém, eu nao aconselho muito a comer comida de rua (é claro, se você ver uma comida muito apetitosa e que pareça limpinha, prove!). Inclusive também não recomendo comer em qualquer restaurante. Nós não estamos acostumados e a chance de você ter um problema intestinal é graaaaande.

 

8. O trânsito nesses países é uma loucura (eu juro que vi um macaco, que não era pequeno, em cima de um carro andando na rua). Em muitos lugares não há nem semáforo, e quando tem, ninguém respeita. Muitas cidades não tem faixa de pedestre, e quando tem, também ninguem respeita. Então, para atravessar a rua, apenas espere o movimento cessar um pouco e vá com fé! De alguma maneira, você chega intacto do outro lado da rua.

 

9. Full Moon party em Koh Phangan, Tailândia: todo mês, na lua cheia acontece essa enooorme festa para celebrar a beleza da lua cheia! Sério, tente se programar para ir! Mais informações no post sobre Koh Tao!

 

10. E por último e mais importante: relaxe e entre no clima! O sistema de transporte nestes países está longe de ser bom; há muita sujeira em quase todos os lugares; a comida pode lhe dar problemas intestinaais; os melhores hotéis não possuem o atendimento que você espera; muitas pessoas tentam enganar ou passar a perna nos turistas, principalmente em torno dos pontos turísticos; etc. MAS, é um lugar surpreendente, em todos os sentidos, e você não vai se arrepender!

mapa viagem

São Paulo - Bangkok: 21h Avião (conexão em Dubai)

 

Bangkok - Chumphon: 475 km

 

Chumphon - Koh Tao: 1h45 Ferry

 

Bangkok - Siem Reap: 1h Avião

 

Siem Reap - Sihanoukville: 475 km

 

Sihanoukville - Koh Rong: 2h ferry

 

Sihanoukville - Há Tien: 110 km

 

Há Tien - Phú Quoc: +/- 2 horas ferry

 

Phú Quoc - Hôi An: 4h Avião (chega em Da Nang, conexão em Ho Chi Minh)

 

Hôi An - Hue: 135 km 

 

Hue - Hanói: 102 km até Da Nang + 1h10 Avião

 

Hanói - Ha Long Bay: 220km 

 

Hanói - Dubai: 12h10 Avião (conexão em Ho Chi Minh)

 

 

Por enquanto é isso! Como vocês podem ver a viagem foi longa, então irei postar sobre uma cidade de cada vez. Tentarei fazer uma cidade por semana!

Fim :)

Alguma dúvida ou comentário? Mande um direct!

  • Instagram

INSPIRE-SE

CARIBE
dicas de lugares incríveis no Caribe
ÁSIA
dicas de lugares incríveis na Ásia
AMÉRICAS
dicas de lugares incríveis nas Américas
ÁFRICA
Dicas de lugares incríveis na África
EUROPA
Dicas de lugares incríveis na Europa
ORIENTE MÉDIO
Dicas de lugares incríveis no Oriente Médio
Show More